13/09/2021 | REUNIÃO-ALMOÇO

Consultor destaca importância dos núcleos setoriais na cultura associativista e na solução de problemas comuns

Timóteo Paes de Farias palestrou em reunião-almoço alusiva ao primeiro ano do Programa de Núcleos Setoriais - Foto: Bianca Gonçalves/CIC Caxias
Timóteo Paes de Farias palestrou em reunião-almoço alusiva ao primeiro ano do Programa de Núcleos Setoriais - Foto: Bianca Gonçalves/CIC Caxias

“Núcleo é a oportunidade base para viver e fazer associativismo, a origem da cultura de cooperação técnica, espaços estratégicos para pensar o futuro.” O conceito foi apresentado pelo consultor do Programa Empreender e estrategista de redes Timóteo Paes de Farias, palestrante da reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias) desta segunda-feira (13). O evento foi alusivo ao primeiro ano de implantação do Programa de Núcleos Setoriais da CIC Caxias. Atualmente, dois núcleos, agregando 38 empresas, estão em atividade: Turismo de Experiências e Consultorias. 

Farias explicou que, no contexto de rede associativista, os indivíduos têm seus interesses e necessidades. À medida que se encontram com outras pessoas que possuem interesses muito próximos, há uma grande possibilidade de se criar alianças que sejam sustentáveis para os interesses individuais, mas também para o desenvolvimento coletivo. É aí que entra a figura dos núcleos dentro de uma entidade, afirmou. 

Ainda de acordo com o consultor, os grupos não precisam ter personalidade jurídica, pois já estão sob o guarda-chuva de uma entidade juridicamente constituída. Já o papel da entidade neste contexto é criar um ambiente para que os núcleos tenham segurança, acompanhamento técnico e afinidade com parceiros que possam ajudar tecnicamente a buscar soluções para os problemas das empresas que fazem parte do projeto, aumentando a sua competitividade. Além disso, cabe à entidade trabalhar a questão da representatividade de maneira mais avançada.

O coordenador do Núcleo Setorial de Turismo de Experiências da CIC Caxias, Leonel Lorensi, enfatizou o caráter colaborativo do grupo. “Primeiro enxergamos quem somos e percebemos que as nossas dificuldades como empresários são muito similares aos dos nossos parceiros”, afirmou, lembrando que as empresas, apesar de estarem no mesmo segmento, não fazem concorrência entre si. O núcleo, acrescentou, atua para buscar mais ferramentas e recursos voltados ao desenvolvimento do mercado e ao sucesso de todas as empresas participantes.   

Já a coordenadora do Núcleo de Consultorias, Roberta Toledo, revelou que o grupo está alinhando muitas ações. “Vemos de forma muito positiva este trabalho colaborativo que está havendo, além de toda iniciativa de fomentar negócios e ter nossa capacitação incrementada. A troca de experiências entre nós é muito valiosa. A colaboração entre profissionais tem muito mais chance de dar resultado”, frisou Roberta.  

O presidente da CIC Caxias, Ivanir Gasparin, na abertura da reunião-almoço, lembrou que engajamento e geração de negócios são os principais objetivos dos dois núcleos setoriais formados pela entidade. “O programa, que conta com o suporte da Diretoria de Apoio Estratégico, e o importante apoio do Sebrae-RS e da Sicredi Pioneira, agrega valor para o nosso associado. A CIC Caxias se apresenta como a entidade aglutinadora, a referência, o guarda-chuva que promove e incentiva a formação destes núcleos setoriais. Ao abrir as portas e trazer as empresas para dentro da CIC, garantindo a continuidade dos projetos, estamos fortalecendo o associativismo”, discursou Gasparin.

Programa Empreender

Timóteo Paes de Farias também falou sobreo o Programa Empreender. Conforme relatou, a cooperação técnica entre associações empresariais de Santa Catarina e a Câmara de Artes e Ofícios de Munique e da Alta Baviera (Alemanha) deu origem ao Programa Empreender no ano de 1991. Hoje, une empresas, empreendedores, profissionais e instituições com objetivos comuns para ampliar mercados, melhorar a gestão e aumentar a produtividade.

A reunião-almoço pode ser assistida no canal da CIC Caxias no YouTube no link https://bit.ly/3k3q6T4

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

Outras Notícias