05/04/2021 | REUNIÃO-ALMOÇO

“Dar foco nas coisas mais importantes”, aconselha Francisco Gomes Neto sobre gestão de crise

Presidente e CEO da Embraer palestrou na reunião-almoço on-line da CIC Caxias
Presidente e CEO da Embraer palestrou na reunião-almoço on-line da CIC Caxias

De gestão de crise o executivo Francisco Gomes Neto, atual presidente e CEO da Embraer S.A, entende. Palestrante da reunião-almoço on-line da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias) desta segunda-feira (5), Gomes Neto, que antes da Embraer foi diretor-geral da Marcopolo, falou sobre criação de valor e liderança com base nas experiências que acumulou nas três últimas grandes crises econômicas estando à frente de grandes multinacionais. 

Dar foco às coisas mais importantes, segundo Gomes Neto, é essencial para uma gestão de crise bem-sucedida. Estruturar a empresa, dar respostas rápidas à situação, mobilizar e criar um espírito de equipe, motivar as pessoas - para que façam seu trabalho com paixão e energia - e apostar na inovação e nas parcerias estratégicas, sem descuidar da parte financeira e comercial, estão entre as prioridades mencionadas pelo executivo para superar momentos de desafios. 

Depois de revisitar os impactos das crises econômicas de 2008 e 2014, Gomes Neto falou sobre a crise global mais recente, que combinou uma crise sanitária com uma crise econômica sem precedentes e de grande profundidade. “Em cada crise, a gente só sabe que ela vai acabar, não sabe quanto tempo vai durar e a profundidade, mas todas elas sem dúvida trazem oportunidades.”, observou. 

Francisco Gomes Neto também revelou as estratégias mais recentes da Embraer para enfrentar a crise e sobre como as unidades de negócios passaram por uma transformação cultural. Com presença mundial, a companhia foi ajustada para o novo cenário após o fim da parceria com a Boeing e com a Covid-19 impactando fortemente o setor da aviação.  O executivo lembrou que ao chegar na companhia, em maio de 2019, sua missão era concluir a separação da aviação comercial e criar uma nova estratégia para a Embraer com foco na aviação executiva, de defesa, nos serviços e na inovação. “Definimos cinco prioridades. A primeira foi focar na saúde e segurança das pessoas, depois foco na preservação do caixa e criar uma organização mais lean, com o objetivo de mudar a dinâmica da companhia”, acrescentou.

Otimismo

Sobre o futuro da aviação, Gomes Neto se mostrou otimista. De acordo com ele, no ano passado o segmento de aviação executiva registrou o melhor ano da história em termos de performance financeira, mesmo com a crise e mesmo entregando menos aviões. “Foi o melhor ano, com uma rentabilidade muito boa. As áreas de defesa e de serviços também se recuperaram e apresentaram lucro. “Quem tem sofrido é a aviação comercial por conta da restrição dos voos domésticos e internacionais”, explicou. No entanto, ele acredita que à medida que a vacinação avançar, os países vão começar a liberar os voos. “Eu vejo com otimismo e acredito que o segundo semestre vai ser melhor, e a partir do ano que vem melhor ainda, porque as pessoas vão querer viajar”. 

Ao fazer a abertura do evento, o presidente da CIC Caxias, Ivanir Gasparin, disse que as organizações lideradas por visionários e com visão empreendedora saberão criar as condições favoráveis para sair da crise mais fortes e mais inovadoras. “São nos momentos de crise que muitos são levados ao empreendedorismo por oportunidade, mas muito também pela necessidade que a própria crise gerou na sociedade”, frisou Gasparin.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

Outras Notícias