CSS Light Web Gallery

16/07/2018 | REUNIÃO-ALMOÇO

“Para encarar o futuro do varejo é preciso ser phygital”, afirma Edmour Saiani

Especialista em varejo foi palestrante na reunião-almoço da CIC alusiva ao Dia do Comerciante - Foto: Antônio Valiente
Especialista em varejo foi palestrante na reunião-almoço da CIC alusiva ao Dia do Comerciante - Foto: Antônio Valiente

As pessoas buscam comprar experiências, não apenas produtos. A afirmação do especialista em varejo Edmour Saiani, que palestrou na reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) nesta segunda-feira (16), lotando o restaurante da entidade no Dia do Comerciante, em evento que contou com a parceria do Sindilojas e Sindigêneros. Ao falar sobre o futuro do varejo, Saiani elencou os desafios do setor e deixou várias dicas de como o mercado varejista pode acompanhar as mudanças do comportamento do consumidor e entender as suas motivações. “Três em quatro millennials escolhem gastar em experiências ou eventos do que comprando produtos. É o nãosumidor”, citou.

A nova era é das marcas que cuidam da experiência do cliente. As compras online, segundo ele, representam 9% das compras. Os outros 91% dos consumidores ainda preferem lojas físicas. “Para encarar o futuro do varejo é preciso ser phygital, que é a união da loja física e digital. Ser ‘phygital’ vai além do simples ato de comprar. É oferecer ao cliente a oportunidade de aprender, ver, tocar, sentir, experimentar, escolher, se divertir, comparar, levar, ser reconhecido, avaliar, criticar, curtir, elogiar e recomendar. Ponha o pé no digital”, aludiu. Para isso, aconselhou, uma saída é fazer parcerias com quem tem competência no assunto.  

Para o especialista, a primeira coisa que uma empresa tem que valorizar é o atendimento e o relacionamento com o cliente. Para isso, precisa de equipes diferentes e comprometidas a prestarem um atendimento realmente personalizado, capaz de criar laços emocionais com o cliente. “Por atenderem mal, empresas brasileiras perderam R$ 400 bilhões. 65% dos consumidores se dizem frustrados quando as empresas deixam de entregar experiências de compras relevantes e personalizadas”, revelou Saiani

Ter produtos diferentes da concorrência também é importante, de acordo com Saiani, assim como mudar com frequência a “cara da loja”. Vitrines criativas e impactantes chamam a atenção e o interesse do consumidor, frisou.

Edmour Saiani lançou a ideia de fazer o movimento “Atende Caxias”, para que a cidade seja referência em atendimento no Rio Grande do Sul e no Brasil. “Estou à disposição para ajudar a estruturar este movimento em Caxias do Sul”, afirmou o especialista.  

50 anos – A reunião-almoço da CIC também foi comemorativa aos 50 anos da Galvânica Guarany, empresa de Caxias do Sul especializada em soluções em tratamento de superfície para peças metálicas de diversos segmentos. O presidente da CIC, Ivanir Gasparin, homenageou o diretor Industrial da Guarany, Domiciano de Almeida, com a entrega de uma placa alusiva ao aniversário da empresa. Almeida falou sobre a fundação da galvânica por seu pai e sobre a continuidade dos negócios pelos quatro sócios atuais. “Nossas soluções inovadoras estão por trás de importantes marcas nacionais e internacionais”, acentuou o homenageado.  

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

Galeria de Imagens

Downloads

Outras Notícias