21/06/2021 | REUNIÃO-ALMOÇO

“A vacinação é a melhor política econômica que existe para você conseguir crescimento forte e robusto”, afirma economista

Victoria Werneck, da Icatu Seguros, palestrou na reunião-almoço desta segunda-feira (21) - Foto: Karine Zanardi dos Santos/CIC Caxias
Victoria Werneck, da Icatu Seguros, palestrou na reunião-almoço desta segunda-feira (21) - Foto: Karine Zanardi dos Santos/CIC Caxias

A Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias) recebeu, nesta segunda-feira (21), a economista-chefe da Icatu Seguros, Victoria Werneck, como palestrante da reunião-almoço on-line. O evento teve mediação do presidente da entidade, Ivanir Gasparin, e como tema o desempenho e perspectivas da economia brasileira e global. “A vacinação é a melhor política econômica que existe para você conseguir crescimento forte e robusto”, afirmou Victoria depois de apresentar as projeções de indicadores como PIB, inflação, taxa de juros, produção industrial, confiança do empresário, vendas do comércio varejista e taxa de desemprego. 

Victoria Werneck enfatizou que a economia dá sinais de melhora, mas continua operando em um cenário de alta incerteza. A especialista entende que a instabilidade do ambiente político, com a possibilidade da volta de Lula ao jogo eleitoral e o enfraquecimento do presidente Jair Bolsonaro pela forma como lidou com a pandemia, além das dificuldades associadas ao surgimento de um único candidato de centro com visibilidade, sinalizam que o período até as eleições não será fácil. “A polarização traz instabilidade desde já”, acrescentou.

Somada às incertezas políticas, o desempenho da economia também se ressente com os reflexos da evolução da pandemia e com o ritmo ainda lento da vacinação da população. Victoria também falou sobre as dúvidas que pairam sobre o vigor da retomada econômica diante do desabastecimento de insumos industriais importantes, da precariedade da oferta de energia elétrica e ainda diante dos efeitos do alongamento da pandemia sobre a recuperação do nível de atividade, principalmente no setor de serviços. 

Apesar dos desafios, o cenário nacional de curto e médio prazo, nas projeções da economista, é de crescimento do PIB de 5,08% em 2021 e de 3,17% em 2022. A taxa Selic no fim do período em 2021 está projetada em 6,50% e em 6,75% no fim de 2022. O IPCA vai a 6% em 2021 e a 3,70% em 2022, enquanto a taxa de câmbio fecha o período de 2021 em R$ 5,15 e de 2022 em R$ 5,18.  

O presidente da CIC Caxias, Ivanir Gasparin, destacou a importância de temas como o apresentado na reunião-almoço de hoje. De acordo com ele, a CIC Caxias atua no sentido de avaliar e sinalizar cenários que impactam na tomada de decisão das empresas. “Desde o início de sua trajetória, a CIC, que está às vésperas de completar 120 anos, tem como objetivo principal atuar de forma pró-ativa, servindo de modelo à comunidade de negócios. Assumimos esta tarefa com a responsabilidade que os temas exigem, pois hoje muitas análises e previsões, feitas por pessoas nem sempre qualificadas, estão contaminadas por opiniões e posicionamentos ideológicos”, observou.

Victoria Werneck é formada em Economia e mestre em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. É sócia-diretora da Recce Consultoria Econômica e economista-chefe da Icatu Seguros desde maio de 2006. Antes disso, foi economista-chefe do Banco Suíço de Investimentos UBS, economista-chefe da corretora BBA Icatu, economista-chefe do Banco Icatu e economista Sênior do Departamento Econômico da Confederação Nacional da Indústria.

A íntegra da palestra de  Victoria Werneck pode ser conferida no link https://www.youtube.com/watch?v=29QqD8aa1SA

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

Outras Notícias