07/05/2020 | CULTURA E EDUCAÇÃO

Diretoria de Cultura e Educação sugere criação de APL Cultural em Caxias do Sul

Representantes da entidade querem que o município olhe para a cultura como vetor de desenvolvimento econômico - Foto: Carla Simoni Gilioli
Representantes da entidade querem que o município olhe para a cultura como vetor de desenvolvimento econômico - Foto: Carla Simoni Gilioli

As diretoras de Cultura e Educação da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul Maria Cecília Pozza, Caliandra Troian, Maria Gorete Gedoz e Shirlei Omizzolo se reuniram nesta quinta-feira (7) com o secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego, Gilnei Lafuente. No encontro, o grupo sugeriu a criação de um Arranjo Produtivo Local (APL) Cultural para fomentar o setor, que agrega diferentes profissionais em sua cadeia de serviços. O encontro faz parte das estratégias definidas pela atual diretoria de Cultura e Educação da entidade para promover o desenvolvimento sustentável e duradouro do setor cultural na cidade.

“Nossa reunião teve como objetivo apresentar informações e dados que sensibilizem o governo municipal a olhar o setor cultural, além de instrumento de cidadania, como um importante vetor de desenvolvimento econômico, de geração de emprego e renda e de receitas ao município, sustentou Caliandra. Ainda de acordo com ela, a Diretoria de Cultura e Educação da CIC Caxias reforçou a necessidade de amparar a cultura e seus agentes para garantir os empregos e manter os CNPJs ativos. “Queremos fortalecer e promover o reconhecimento da cultura como fator importante no desenvolvimento econômico e para isso atuamos nos eixos da difusão cultural, que visa aos eventos e à visibilidade de artistas e produções, e da economia cultural”, acrescentou.

Além dos estudos para criação de um APL, outras propostas que envolvem o Poder Público, a iniciativa privada e a comunidade acadêmica tiveram avanço, e agora passarão por análise jurídica. "A CIC, como uma das principais entidades da Região, tem a função de integrar os diferentes segmentos do mercado:  indústria, comércio e serviços. O objetivo é o fortalecimento da Serra Gaúcha, sobretudo destes segmentos, para que compartilhem e socializem seus projetos e ações, em nome do bem comum e do desenvolvimento sustentável", defendeu Maria Gorete.

Também integram a Diretoria de Cultura e Educação da CIC Caxias as empresárias Cláudia Sassi, Gilda de Ross e Rosane Demari, a professora Silvana Boone e o empresário Robledo Luza.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

Outras Notícias