CSS Light Web Gallery

05/08/2019 | REUNIÃO-ALMOÇO

“Nenhuma organização cresce sem uma boa comunicação”, afirma executivo do Grupo RBS

Leonardo Milano Persigo palestrou na reunião-almoço da CIC nesta segunda-feira (5) - Foto: Julio Soares/Objetiva
Leonardo Milano Persigo palestrou na reunião-almoço da CIC nesta segunda-feira (5) - Foto: Julio Soares/Objetiva

Gerente Executivo de Field Marketing do Grupo RBS, Leonardo Milano Persigo palestrou na reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) nesta segunda-feira (5). Ao salientar que a estratégia da marca deve abraçar a estratégia de negócios, Persigo afirmou que nenhuma organização cresce sem uma comunicação clara e eficaz com seu público. “Nós acreditamos que a comunicação impacta o resultado dos negócios. Uma boa comunicação, que seja clara e transmita a sua essência, leva a empresa para o futuro e dá a ela a capacidade para se adaptar às oscilações do mercado”, reforçou.

O palestrante elencou os benefícios de uma boa estratégia de marca. Para ele, o primeiro deles é o reconhecimento. Quando a empresa atinge notoriedade, passa a ser lembrada e querida pelo mercado. Do mesmo modo, alcança credibilidade, o que a leva a ter uma voz mais intensa e respeitada.

Além disso, acrescentou, quando a empresa trabalha sua marca a ponto de conectá-la com as pessoas, assume a preferência e passar ser melhor ranqueada na cabeça do consumidor. Ao estabelecer conexão com o público, a empresa tem também o benefício dos feedbacks para correção de certos rumos importantes no mundo dos negócios.

Outro importante benefício citado por Persigo na estratégia de marca é a inspiração que parte da liderança da empresa. “Gerar inspiração fortalece o ambiente interno, e líderes que inspiram ajudam no processo de retenção de talentos”, observou.

Ter preço diferenciado e atributos reconhecidos são outra vantagem, segundo ele, pois as organizações precisam vender valor e transferir isso para a marca. Por fim, enumerou o executivo do Grupo RBS, vantagem competitiva e longevidade estão na lista dos benefícios de quem trabalha a sua marca. A partir de uma boa estratégia, a organização passa também a ter compromisso com uma agenda de futuro, de longo prazo, visando a sua perpetuidade, argumentou.

MARCOPOLO -  A reunião-almoço da CIC desta segunda-feira foi comemorativa aos 70 anos da Marcopolo. Uma série de homenagens, prestadas pela CIC e pelos sindicatos das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico (Simecs) e da Indústria das Indústrias de Material Plástico da Região Nordeste do Rio Grande do Sul  (Simplás) marcou a celebração. A empresa aniversariante esteve representada pelo membro do Comitê de Estratégia e filho do fundador Paulo Bellini, Mauro Bellini. Ao agradecer à homenagem, Mauro, que é também vice-presidente de Indústria da CIC, relembrou os números que tornam a Marcopolo a maior encarroçadora de ônibus da América Latina e uma das maiores no cenário global, com produtos circulando nas estradas de mais de 120 países. “Hoje é um dia de celebrar e agradecer a todos que fizeram com que a Marcopolo seja tão grande. É graças à confiança de nossos colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros que estamos prontos para celebrar muitos anos mais. Que venham os próximos 70!”, comemorou.

SIMPLÁS – Outro ponto alto do evento foi a cerimônia de posse da nova presidência do Simplás para o triênio 2019-2022. Durante a solenidade, houve a apresentação da nova nominata, pronunciamento do novo presidente, Gelson de Oliveira, e foto oficial da nova diretoria. Desde o dia 1º de agosto, Oliveira sucede a Jaime Lorandi, que liderou a entidade por duas gestões, entre os anos de 2013 e 2019.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

Galeria de Imagens

Outras Notícias