CSS Light Web Gallery

03/09/2018 | APL ALIMENTOS E BEBIDAS

Prefeitura e entidades se reúnem para debater a criação de um APL de Alimentos e Bebidas

Em reunião organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego (SDETE), pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) e pela Secretaria de Turismo (SEMTUR) e realizada na manhã desta segunda (03) na Câmara de Indústria, Comércio e Serviço de Caxias do Sul, fora debatidas propostas e demandas referentes à criação de um Arranjo Produtivo Local (APL) de Alimentos e Bebidas em Caxias do Sul e região.
APLs tem sua base legal na Lei Estadual de nº 13.839 de 05 de dezembro de 2011 e são definidas como um conjunto de empresas, produtores e instituições que, em um mesmo território, possuem produtos semelhantes, participam da mesma cadeia produtiva e compartilham informações sobre os mesmos mercados. No momento, existem três APLs constituídos em Caxias do Sul, APL Metal Mecânico e Automotivo (APL MMeA), Polo de Moda da Serra Gaúcha e Trino Polo.
O secretário da SDETE, Emílio Andreazza destacou a importância dos produtores de alimentos e bebidas e das entidades estarem engajados para que a criação da APL seja possível e o valor do produto seja agregado. O secretário mostrou aos presentes um levantamento do potencial do segmento alimentos e bebidas no município. “As possibilidades são imensas. O papel da articulação nós estamos fazendo, estamos fomentando de uma forma que os atores se engajem e possamos construir isso juntos”, ressaltou Emílio Andreazza.
O presidente da CIC, Ivanir Gasparin ressaltou o papel das entidas na estruturação do APL de Alimentos e Bebidas. “Nós como entidade temos que trabalhar mais junto, em vez de ficarmos brigando entre nós o apelo que eu faço é para trabalharmos em sinergia, temos que nos despojar” salienta Ivanir Gasparin.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Raquel Carvalho

Outras Notícias