CSS Light Web Gallery

26/10/2017 | COMÉRCIO EXTERIOR

Oportunidades com mercado norte-americano pautam 16º Seminário de Negócios Internacionais da Serra Gaúcha

Evento foi realizado pela CIC nesta quarta-feira (25) - Foto: Giovana Schmitt/CIC
Evento foi realizado pela CIC nesta quarta-feira (25) - Foto: Giovana Schmitt/CIC

A Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), por meio da Diretoria de Negócios Internacionais, realizou nesta quarta-feira (25) o 16º Seminário de Negócios Internacionais da Serra Gaúcha. Ao debater o novo cenário norte-americano, o evento trouxe a visão de cinco palestrantes e a apresentação do case Grendene de exportações de calçados para os Estados Unidos.

A primeira palestra foi do diretor do Departamento dos Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty, Ernesto Araújo, que passou uma visão sobre as relações políticas, econômicas e comerciais entre Estados Unidos e Brasil diante do governo Donald Trump. Para Araújo, O Brasil deveria usar o nacionalismo econômico americano da administração Trump como uma oportunidade para incrementar as relações comerciais entre os dois países.

Em seguida o diretor de Exportação da Grendene, Alexandre Turra Gastaldello, depois de apresentar as estratégias de vendas e marketing para empreender no mercado norte-americano, afirmou que o grande desafio das empresas que desejam ser bem-sucedidas no comércio exterior, especialmente no varejo, é criar propósito para as marcas e criar conexão com os consumidores, investindo em tecnologia e inovação.

Na parte da tarde, a programação do seminário teve início com a palestra da analista de Inteligência Comercial do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Marina Finestrali, que apresentou dados estatísticos sobre os Estados Unidos e falou sobre relações globais, incluindo os negócios entre o Rio Grande do Sul e Caxias do Sul com o mercado norte-americano. Marina também argumentou sobre o porquê as empresas precisam de inteligência comercial durante a internacionalização de seus produtos e serviços.

Houve ainda palestra da diretora de Assuntos Internacionais da Vilage Marcas e Patentes, Lara Damin, que falou sobre o registro de marcas e patentes no comércio exterior, e do advogado Zulmar Neves sobre a importância dos contratos internacionais. A última palestra da programação ficou a cargo do presidente da Fras-le, Sérgio Moreira de Carvalho, que trouxe dicas sobre a cultura americana e sobre como prospectar negócios e se estabelecer nos Estados Unidos.

Os dois painéis com os palestrantes, um pela manhã e outro à tarde, foram mediados pela empresária e comunicadora Lisete Alberici Oselame.

O evento teve patrocínio de Banco do Brasil, Governo Federal, Efficienza, Tecon Rio Grande, Transportes Sérgio Muraro, Vitória Câmbio e apoio de Vivelle Móveis e Decoração e Dolaimes Comunicação e Eventos.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC

Downloads

Outras Notícias