CSS Light Web Gallery

02/08/2018 | AGENDA 2020

Caxias do Sul define prioridades ao próximo governo do RS

CIC recebe encontro da Agenda 2020 na segunda-feira (6) - Divulgação/Agenda 2020
CIC recebe encontro da Agenda 2020 na segunda-feira (6) - Divulgação/Agenda 2020

A Agenda 2020, um movimento da sociedade gaúcha com 12 anos de atuação, reunirá seus voluntários para traçar as prioridades do Rio Grande do Sul e entregá-las aos futuros candidatos a governador do estado. Os trabalhos para a elaboração do Caderno de Propostas da Região de Caxias do Sul ocorrerão na próxima segunda-feira (6), às 9h, em parceria com a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), na sede da entidade.

Além de levantar propostas ao desenvolvimento do Rio Grande do Sul, a iniciativa tem também como objetivo reunir lideranças de todos os segmentos da sociedade para apresentar as tendências globais, o panorama socioeconômico da região e do estado através da Sinaleira 2020. O presidente da Polo RS e Agenda 2020, Humberto César Busnello, abordará os objetivos da iniciativa, que tem como foco transformar o Rio Grande do Sul no melhor lugar para viver e trabalhar. “Precisamos de governos comprometidos com projetos de médio e longo prazos", destaca Busnello.

Também participará do encontro o diretor-executivo da Polo RS, Valdir Bianchessi Junior. De acordo com ele, a Agenda 2020 possui cerca de mil voluntários no estado. São representantes de vários segmentos da sociedade, tais como educação, saúde, segurança, infraestrutura e agronegócio.

O presidente da CIC, Ivanir Gasparin, ressalta a importância deste trabalho de elencar as demandas de Caxias do Sul e região para serem entregues aos candidatos a governador. "Precisamos de políticas públicas que determinem o desenvolvimento integrado de todo o Rio Grande do Sul, porém, sem desconsiderar as peculiaridades de cada região. Tais políticas devem priorizar medidas eficazes de apoio ao empreendedorismo, que gera empregos e renda, e o bem-estar da sociedade", afirmou Gasparin. 

POLO RS – Agência de Desenvolvimento
Foi criada em 1995 com o objetivo de atrair investimentos para o Rio Grande do Sul. A ideia essencial era a facilitar a vida dos investidores interessados em construir seus empreendimentos no território gaúcho. As atividades tinham como foco apresentar as potencialidades e qualidades do estado e evitar o excesso de burocracia. E assim empresas como Dell, GM, Softek, Schincariol e SAP se instalaram por aqui.

A Polo RS espalhou pelo Estado a ideia da articulação entre poder público, universidades e comunidade, organizada em uma entidade para pensar o futuro de uma cidade ou mesmo uma região. Espontaneamente, dezenas de agências de desenvolvimento surgiram dentro deste conceito, o mesmo que gerou a Agenda 2020, um movimento com centenas de voluntários especialistas, que tem como gestora executiva a Polo RS – Agência de Desenvolvimento.

SOBRE A AGENDA 2020
É um movimento da sociedade gaúcha que tem como objetivo tornar o estado no melhor lugar para se viver e trabalhar. A Agenda 2020 busca transformar a realidade do Rio Grande do Sul por intermédio da mobilização de lideranças de todos os segmentos, da ação conjunta voltada para o bem comum e da informação qualificada.

O primeiro passo nessa direção foi dado em março de 2006, em Porto Alegre, quando um encontro reuniu 850 voluntários, entre empresários, trabalhadores, políticos e entidades civis, representando diferentes segmentos da sociedade, na sede da Fiergs.

De lá para cá, em torno de mil voluntários vêm debatendo as necessidades para o desenvolvimento do estado, identificando os gargalos que travam o crescimento e elaborando projetos em 11 Fóruns Temáticos. As prioridades definidas já geraram propostas detalhadas que foram entregues para os candidatos ao Executivo do estado nas duas últimas eleições.

A Agenda 2020 também faz o acompanhamento do que está sendo realizado pelo governo nas áreas definidas como prioritárias, entre elas: educação, saúde, segurança, agronegócio, cidadania e responsabilidade social, gestão pública, infraestrutura, inovação e tecnologia, meio ambiente e desenvolvimento regional. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Polo RS

Outras Notícias