CSS Light Web Gallery

21/06/2018 | DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Painel sobre MTR eletrônico de movimentação de resíduos reúne 200 pessoas

Plataforma foi apresentada por especialistas da Abetre, Fiergs e Fepam - Foto: Candice Giazzon/CIC
Plataforma foi apresentada por especialistas da Abetre, Fiergs e Fepam - Foto: Candice Giazzon/CIC

O MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos), documento necessário para o transporte de resíduos perigosos, foi tema de um painel promovido pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), por meio de sua Diretoria de Desenvolvimento Sustentável, em parceria com o Conselho de Meio Ambiente (Codema) da Federação das Indústrias do Estado Rio Grande do Sul (Fiergs), na segunda-feira (18), na CIC. O evento reuniu 200 pessoas.

Toda empresa que gera resíduo tem a obrigação de dar destino final a ele. Uma das etapas desta operação consiste no preenchimento do MTR, que no Rio Grande do Sul ainda pode ser feito manualmente em formulário impresso. No final de 2017, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) aprovou a obrigatoriedade de utilização do sistema informatizado a partir do próximo dia 30. O documento será substituído pelo MRT Online, uma plataforma hospedada no site da Fepam, que o gerador de resíduo terá de emitir de forma eletrônica a partir desta data.

O novo sistema foi apresentado pelo diretor Regional Sul da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), Odilon Amado. Na sequência, um painel com o analista técnico do Codema Tiago José Pereira Neto e com a engenheira Vanessa Rodrigues, do Serviço de Licenciamento e Monitoramento de Indústrias da Fepam esclareceu todas as dúvidas dos participantes a respeito da plataforma.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC - Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

Outras Notícias